Quais critérios avaliar na escolha do integrador de marketplace?

July 12, 2017
Equipe Skyhub

escolher seu integrador de marketplace

 

A escolha do integrador de marketplace pode criar ou evitar muitos problemas para os sellers, ou seja, os varejistas que vendem nestes canais.

Um desafio comum ocorre quando há uma escolha precipitada por um integrador que consiga facilitar a inserção da loja dentro dos marketplaces. Ao olhar apenas para a necessidade atual, alguns varejistas acabam esquecendo que os pedidos tendem a aumentar nestes canais e uma solução que se mostrava satisfatória a priori pode apresentar instabilidades para lidar com tantos pedidos. Esse cenário requer que o seller mude de plataforma e opte por um sistema mais robusto que o anterior.

Enquanto passa pela fase de instabilidade na plataforma mais frágil, o lojista pode perder muitos negócios (e dinheiro, obviamente). Por isso, é essencial ter visão de futuro ao decidir seu integrador de marketplace para que ele não se torne custoso não só no curto, mas no longo prazo também.

Tenha visão de negócio ao escolher seu integrador de marketplace e, caso tenha dúvidas sobre a empresa que irá escolher, procure avaliar os seguintes critérios:

Estrutura e core business da empresa

A empresa fornecedora do serviço de integração precisa ter uma estrutura sólida. Isso envolve reconhecimento e confiabilidade na empresa escolhida. Também procure por um integrador cujo core business (ponto forte do negócio) seja a integração com marketplaces, pois isso oferece maior estabilidade de que a empresa poderá continuar te atendendo no futuro.

Clientes que o integrador atende

Os clientes que o integrador atende também é um fator que ajuda a medir a confiabilidade da empresa. É importante, claro, que ele consiga sim atender pequenos negócios caso esse seja seu perfil, mas também é relevante que o integrador tenha experiência com médios e grandes negócios. Isso mostra que mesmo empresas muito criteriosas confiam no serviço prestado por ele e, mais que isso, que você mesmo poderá continuar sendo atendido quando as vendas aumentarem.

Capacidade de acompanhar seu crescimento

Projete uma escala de crescimento de seu negócio no marketplace e analise quanto o integrador está preparado para te acompanhar. Considere também o quanto ele contribui para que sua empresa cresça em vendas e para que sua marca seja mais relevante para o consumidor nestes canais.

Estrutura e expertise do suporte

Assim como você precisa analisar o suporte que terá ao comprar um eletrônico, ao entrar no marketplace não é diferente. Você precisa confiar no atendimento de seu integrador. Lembre-se que todos os problemas do dia a dia serão direcionados para esse canal e as pessoas que te atenderem precisam ser preparadas para resolver dúvidas que, eventualmente, você venha enfrentar ao subir produtos e gerenciar pedidos.

Estabilidade do sistema

Analise se o sistema é multicanal e estável, preferencialmente, armazenando suas informações “na nuvem”. Isso irá garantir que você tenha um backup de seus pedidos que poderá ser acessado de qualquer lugar, sem a necessidade de um dispositivo físico de armazenagem.

Parceiros adequados para cada fase do negócio

Como um diferencial, o integrador poderá ter parcerias com empresas que ofereçam soluções diversificadas para negócios de todos os tamanhos. Desta forma, ele poderá te indicar uma plataforma ou ERP, por exemplo, adequados para o momento que sua empresa está experimentando ou integrar-se a uma tecnologia parceira que você já utilize.

Contrato sem cláusula de fidelidade

Verifique também, na contratação, se o integrador não possui alguma cláusula de fidelidade que exija que você permaneça utilizando o software por determinado período de tempo. Isso pode dificultar sua saída caso você fique insatisfeito com os serviços prestados e também passa pouca confiança sobre a confiabilidade do que foi oferecido.

Número de canais disponíveis

Um aspecto essencial é o número de canais aos quais o integrador está vinculado. Isso porque, quando as vendas começarem a vingar, é natural que você queira aumentar a exposição de seus produtos e colocá-los em mais canais. Além de analisar a quantidade, verifique também se o integrador é parceiro dos principais marketplaces do mercado para garantir visibilidade para os itens que você vende, oferecendo uma gestão centralizada.

Relatórios consolidados

Não esqueça de analisar se o integrador te oferece bons relatórios consolidados onde constem seus pedidos por status (faturado, cancelado) e até mesmo por região. Isso te ajudará a entender quantos pedidos são cancelados em determinada região e o impacto que o frete pode ter exercido nestes casos onde a venda não foi concluída. Com essa visão, é mais fácil tomar decisões que te ajudem a converter mais negócios.

Na dúvida, também escolha uma integradora que esteja, realmente, envolvida com o universo dos marketplaces, entenda bem do mercado varejista, tenha boa relação com os canais e facilite a inserção de sua loja, orientando seu negócio com visão estratégica sobre como ele pode ser mais lucrativo.

No comments

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *