Aprovação de SKUs: como funciona em cada marketplace

Dezembro 14, 2016
Equipe Skyhub

aprovação de SKU

Após a aprovação da entrada do seller no marketplace é preciso cadastrar os produtos que serão comercializados. Nessa etapa, você encaminha seu catálogo para o marketplace, que vai identificar os produtos que podem ou não ser vendidos – é quando ocorre o chamado matching e a aprovação de SKU. Os itens que não forem aprovados precisam ser cadastrados, novamente.

Embora cada canal tenha suas próprias obrigatoriedades, para o cadastro de SKUs, algumas delas são comuns entre eles, tais como: como: descrição, variações, dimensões e características.

Para simplificar o trabalho do seller que está no processo de integração, ou tem constantes dúvidas sobre como subir seus produtos, listamos as peculiaridades de cada canal na hora de subir SKUs.

Requisitos para a aprovação de SKU nos principais marketplaces:

b2w-marketplace

Título:

no máximo 100 caracteres, que devem ser escritos em caixa baixa. Na B2W é possível utilizar caracteres especiais.

Medidas:

as dimensões precisam ser classificadas em centímetros. Peso em quilos ou gramas – só que todos os produtos precisam estar na mesma unidade de medida.

Descrição:

pode ter até 4.000 caracteres, e algumas tags são permitidas, como: p, br strong, i. Toda a descrição deve ser feita em caixa baixa e nelas devem ser incluídas marca/fabricante.

EAN:

deve contar 13 dígitos – esse dado será validado e é obrigatório. Existem exceções paras as categorias de jóias, ar condicionado, moda, produtos importados e de fabricação própria.

marketplace walmart

Título:

o Walmart aceita caracteres especiais e máximo de caracteres que se pode usar é 250, todos em caixa baixa. A empresa orienta para que o seller siga padrões de SEO.

Medidas:

as dimensões para cadastro de produtos no Walmart são em centímetros. Já o peso, assim como na B2W, pode ser inserido em quilos ou gramas, e mais uma vez, todos devem estar na mesma unidade de medida.

Descrição:

máximo de 5.000 caracteres, que devem ser apresentados em caixa baixa. No Walmart as tags não são permitidas e o seller deve incluir marca/fabricante na descrição.

EAN:

deve contar 13 dígitos. Precisa ser válido e um critério obrigatório, exceto em produtos de fabricação própria.

Lembrete:

contatar o Walmart ao efetuar uma carga dos produtos. Produtos não serão catalogados automaticamente. A equipe de catálogo irá efetuar uma curadoria dos SKUs enviados.

cnova-marketplace

Texto:

título deve ter no mínimo 10 caracteres (máximo 150). Na Cnova as tags são permitidas e a descrição é obrigatória. O titulo do SKU tem no máximo 18 caracteres.

Medidas:

as dimensões são em centímetros e o seller deve informar largura x altura x comprimento. Peso em quilos ou gramas, mas, assim como nos demais marketplaces, todos precisam estar na mesma unidade de medida.

EAN:

é obrigatório e deve conter 13 dígitos.

Marca:

coloque a marca do seu item, exemplo: MATTEL, LG. É importante colocar a marca correta do item e manter a escrita incluindo “&” e “-“ se for essa a maneira que a marca divulga. Essa informação é essencial na ficha do produto, já que facilita a busca do item no site e passa maior credibilidade.

mercado-livre-marketplace

Texto:

a descrição do produto não possui limites de caracteres – são aceitos caracteres especiais. Já o título do produto pode ter até 60 caracteres e deve ser apresentado em caixa baixa. Muitos vendedores utilizam templates para apresentar a empresa e não somente o produto.

Medidas:

no Mercado Livre as dimensões são em centímetros. Peso em quilos ou gramas, e também precisam estar na mesma unidade de medida, além de ter um atributo específico.

Informações obrigatórias:

categorias são necessárias para realizar o mapeamento e a marca e fabricante também são atributos obrigatórios. Se houver certificado de loja oficial, é necessário informar o ID.  

Lembrete:

não é permitido divulgar redes sociais no Mercado Livre.

Fora estes detalhes na aprovação de SKU, vale ressaltar que todos esses marketplaces têm um detalhe em comum: eles integram com a SkyHub, o que vai permitir que você gerencie de forma simplificada todas as etapas dentro do marketplace. Além das vendas e controle de desempenho nos canais, a SkyHub, principal integradora do mercado, facilita a gestão de subida de seus produtos.

Deixe seus dados no formulário abaixo e descubra como podemos facilitar seu negócio.


No comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *