Confira dicas de como vender roupas no marketplace

julho 11, 2018
Equipe SkyHub

Seja para quem já tem um e-commerce ou tem o costume de vender roupas apenas em lojas físicas, investir em um espaço no marketplace é uma ótima oportunidade para triplicar seus resultados, embasados em uma série de vantagens que esse serviço oferece.

Para que você entenda todos os benefícios de oferecer suas peças nesses canais e aprenda como colocar isso em prática, a SkyHub selecionou algumas informações importantes para dar o primeiro passo e investir nessa empreitada. Confira!

Escolha os maiores marketplaces do país

Se vai começar a vender roupas no marketplace, a melhor forma de conquistar bons resultados é investindo nos maiores canais do país. B2W Marketplace, Mercado Livre, Cnova e Walmart são bons exemplos de empresas que disponibilizam espaço em suas lojas online para que parceiros também ofereçam seus produtos.

Como esses marketplaces recebem milhares de acessos diariamente, há muito mais chances de que seus produtos sejam visualizados, acessados e, o mais importante, que haja um número relevante de conversões. Assim, além das compras feitas pelo seu e-commerce e/ou loja física, disponibilizar as peças nesses canais vai contribuir ainda mais para o seu faturamento.

Entenda tudo sobre a comissão aos marketplaces

Antes de começar a investir nesses canais é essencial conhecer o quanto é cobrado de comissão pelos marketplaces. Cada um pode ter um valor diferente, porém, o percentual deles gira em torno de 15%. É importante que você tenha clareza sobre isso.

Vale ressaltar que este percentual não diz respeito apenas ao custo da venda. Geralmente, gastos com divulgação, operações financeiras, análise de fraude, etc, também estão incluídos nesse valor. Assim, no final das contas, esse investimento costuma ser um ótimo benefício para a sua empresa.

Obedeça as regras para vender roupas nos diferentes canais

É normal que cada marketplace adote suas regras para receber novos sellers em seu canal. Porém, é comum que eles exijam um tempo mínimo de operação, registro formal (inscrições estaduais, CNPJ, etc), fornecimento de nota fiscal e cumpram outros requisitos. Isso é solicitado antes de fechar a parceria para quem vai vender qualquer produto nesses canais como garantia.

Gostou de saber como vender roupas no marketplace? Então tenha uma visão mais completa sobre a disponibilização dos seus produtos nesses players com sete passos simples para vender pela internet por meio dos marketplaces.


No comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *